terça-feira, 26 de abril de 2011

Mimos

People, super devendo um post né? Pois é, mas tô numa correria looouca no trabalho e quando chego em casa, sabecumé né? Caio morta de cansada no sofá!

Bommm, o post de hoje é curtinho mas fofo.
Recentemente minha titia darling from Recife voltou da terra de Tio Sam toda trabalhada na tosse e nos mimos gringos! \o/ hahahahahaha
Como eu AMEI esses presentinhos, decidi compartilhá-lo com vocês porque vai que curtem né???

Bom, vamos ao primeiro mimo:

Screen Wipe da Aroma Home: até agora me pergunto pra quê tanta fofura! hahahahahaha
Assim que minha tia me entregou o pacotinha, a louca aqui antes mesmo de ler o que tava escrito na embalagem, já juraaaava que se tratava de um cavalinho de pelúcia! #aloka
Mas nãããããao era só isso!!!! Esse lindinho é (também) um limpador de tela de computador, celular, iPhones e iPods e afins! Muita lindeza né? Olhando assim ele parece sim uma pelúcia mas virando ele de 'barriguinha' pra cima é possível perceber que tem um tecido diferente que garante que a tela do seu computador fique todo trabalhado na translucidez hahahahaha
Claro, vou confessar que moooorro de dó de passar a barriguinha fofo do meu pocotó na tela, mas o resultado é tão bom que às vezes dou uma limpadinha com ele.

Esse fofo é da Aroma Home (http://www.aromahome.com/) e vem em vários bichinhos diferentes: cavalinhos de várias cores, coelhinhos, elefantinhos, cachorrinhos, girafinhas, maquaquinhos e muito mais fofuras de babar. Já tô desejando um de cada! hahahahaha

Gente, entrei no site da Aroma Home e choquei na fofura da marca!!!!! Lá você encontra de tudo em forma de bixhinho fofos demaissssss. Tem de tudo: porta celular, screen wipes, capinhas fofas para caderninhos de notas, pantufas, almofadinhas, body warms liiinda de morrer e muito maaaaais, bem mais, uma coisa mais fofa e linda do que a outra.
Pessoas, eu simplesmente tô desejando a loja inteeeeira e só 'piora' a situação quando percebo que os preços são MUITO amigos.

Não sei dizer onde minha tia comprou meu mimo, sei que foi nos EUA (dãããh) massss no site tem todas as infos básicas e necessárias para você se jogar nas comprinhas!

O próximo lindo é de uma das marcas que mais amo na vida: Victoria's Secret.
Na boa né gente? Não tem como errar no presente quando ele é dessa loja diva das divas!
Titia trouxe para mim o delicioso body scrubs Girl's Night da Linha Secret Moments!!!
Genteeeee, que esfoliante é esse???????? CHOQUEI feliz e cheirosa da vida!!!!
Esse esfoliante é incrível gente. Ele tem uma textura bem grossa e encorpada e a medida que você vai passando ele pelo corpo, as esferas vão se desfazendo e tranforma-se num incrívellllll sabonete líquido cheirosééééérrimoooo!!!!!
É DEMAIS pra mim! hahahaha AMOOO essa 'Vic' hahahahaha

Pessoa, optei por passar o esfoliante, esse em especial, com as mãos para sentir bem o produto se espalhar já que ele é beeeem consistente e depois que ele dilui e vira sabontete líquido, uso uma bucha vegetal para espalhar pelo o sabonete e intensificar o poder da esfoliação.

O resultado final gente, é uma pele de deusa: incrivelmente limpa, refrescante, sedoza, maciiiiia e cheirosa demaaaaaaais!!!!!

Ah, e como tudo na Victoria's Secret, a linha completa Secret Moments possui ainda o body mist,  body lotion (loção levinha), body cream (loção hidratante) e o body wash (sabonete líquido) em 5 deliciosas fragrâncias:

- At First Sight (violeta e bergamota)
- Girl's Night (peônia e lírio aquático)
- Good Day Sunshine ( pêssego e framboesa azul)
- Island Escape (cana-de-açucar e côco)
- Room 54 (âmbar e maracujá)

UFA! Linha completíssima hein?!

Bom meninas, espero demaaaaais que tenham gostado dos meus presentinhos porque eu amei!
Fica a dica para quem for 'pros unido'!!! #superindico

Ah, tita quééééééridaaaaa, muuuuito obrigada pelos mimos!! AMEI!

Até a próxima!

xoxo

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Por que coelho?

Gente, não me canso de dizer o quanto admiro os textos brilhantes do Luiz Fernando Veríssimo e mais uma vez rolei de rir com esse texto dele que meu pai me mandou por email sobre a Páscoa.
Achei o texto tão bom, engraçado, instrutivo e digno que decidi abrir uma brecha no feriadão e publicá-lo aqui para vocês.
Nesse texto, de forma super bem humorada, Veríssimo nos mostra toda a naturalidade, curiosidade e sabedoria infantil e o quanto às vezes nos acomodamos em informações prontas e acabamos não indo mais fundo nos fatos!



Espero que gostem!
FELIZ PÁSCOA!!!

Papai, o que é Páscoa?

-Ora, Páscoa é... bem... é uma festa religiosa!

-Igual ao Natal?

-É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressureição.

 -Ressurreição?

 -É, ressurreição. Marta , vem cá !

 -Sim?

-Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal.

 -Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu ?

 -Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?

 -O que é isso menino?
Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu ! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo  menos aos domingos.  Até parece que não lhe demos uma educação cristã ! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola ? Deus me perdoe !  Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo!

-Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus ?

-É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.

-O Espírito Santo também é Deus?

-É sim.

-E Minas Gerais?

-Sacrilégio!!!

-É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?

-Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho!

 -Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa ?

 -Eu sei lá ! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos..

 -Coelho bota ovo ?

 -Chega ! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais !

 - Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa ?

 -Era... era melhor,sim.. . ou então urubu.

-Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né ?

-Que dia ele morreu ?

-Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.

 -Que dia e que mês?

- (???)
Sabe que eu nunca pensei nisso ? Eu só aprendi que ele morreu na Sexta-feira Santa e ressucitou três dias depois, no Sabado de Aleluia.

 -Um dia depois!

-Não três dias depois.

 -Então morreu na Quarta-feira.

 -Não, morreu na Sexta-feira Santa... ou terá sido na Quarta-feira de Cinzas ? Ah, garoto, vê se não me confunde !
 Morreu na Sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois! Como ? Pergunte à sua professora de catecismo!

 -Papai, porque amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua ?

 -É que hoje é Sabado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.

 -O Judas traiu Jesus no Sábado ?

-Claro que não ! Se Jesus morreu na Sexta !!!

-Então por que eles não malham o Judas no dia certo ?

 -Ui...

 -Papai, qual era o sobrenome de Jesus?

 -Cristo. Jesus Cristo.

-Só ?

 -Que eu saiba sim, por quê?

-Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

-Ai coitada!

 -Coitada de quem?

-Da sua professora de catecismo!


Até a próxima pessoal!

xoxo
(Luiz Fernando Veríssimo)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Amor De Uma Nota Só

Meu amor não é de pó, nem de ló
Meu amor é feito de tijolo, molde e uma nota só

Meu amor foi de ontem, é de hoje e de quando o sol se pôr

Meu amor é desamor, é sonho e dor, tudo num nó só:
É Maria que ama Jão que ama Teca que ama Jão

             
            Meu amor é feito de dó e se bem ouvidor for,
                        será dor de amor de uma nota só


FELIZ PÁSCOA PARA TODOS!

Que o verdadeiro significado da data inunde o coração de todos e que o deliciosos ovos de chocolate transformem seus dias de descanso em pequenas porém eternas e doces lembranças.

Um bom feriado, juízo e até semana que vem!

Até a próxima!

xoxo

Contos de Fadas da Vida Real

Gente, me inspirei em mim mesma para esse post (não literalmente em mim e minhas experiências ok?) e claro, numas pics interessantérrimas que vi em alguma revista estilo Marie Claire ou coisa parecida há algum tempo atrás e tornei a vê-las em um site hoje. Achei que daria um post leve, divertido para a véspera do feriado prolongado hahahahaha


Quem aqui nunca sonhou em viver um verdadeiro conto de fadas na sua vida? Seja influenciada pelos desenhos lindos da Disney e ainda mais enraizados durante uma viagem até a Disney quando você se viu de pé, aos 4 anos de idade, usando orelhinhas de minnie, diante daquele castelo dos sonhos...não tem como viajar né gente e acreditar que nossa vida será sim um conto de fadas?
Quando pequenas, independente de quantidade vezes que nos fantasiamos de princesas, éramos tratadas pelos nossos pais, avós e tios babões como tais. Daí vem então naquela fase pré-adolescente em que nos deparamos com mais viagens à Disney, bonecas fantasiadas de princesas, livros de contos de fadas e desenhos liiindos e mágicos que só a Disney sabe fazer, enfim, tudo a nossa, volta inclusive nossos quartos pintados inteiramente de rosa respira magia.
É, daí chega aquele fase da aborrescência onde decidimos se seremos do time das que arrancam as cabeças das princesas com os dentes ou as que insistem em viver nesse mundo de conto de fadas. Claro, sempre existe um meio termo mas quer saber? Eu acreditava de verdade que minha vida poderia ser um conto de fadas, mas moderno. Sim, moderno porque sempre achei firulas demais e cor de rosa muito exagerado e mimimi.

Sabe que revivendo todos esses estágios, pego-me em dúvida se as meninas de hoje ainda sonham com toda essa magia...acho que não né?

Enfim, crescemos! E aí? Continuar sonhando ou deixar que a vida real nos mostre que contos de fadas não existem na vida real? Pois é, acho que rola um pouco de tudo. Cheguei à conclusão que a vida real é sim um conto de fadas, moderno, mas não menos mágico. Confuso? Vejam bem como toda essa magia funciona (ironicamente falando - esse post não é para ser levado a sério ok?): hoje você namora (e mora junto) o príncipe dos seus sonhos que modernamente falando, pode ser só um cara bacanérrimo, super querido e que diz todo dia que te ama e que você é a mulher da vida dele...ai ai que romântico não? Posso até ver os passarinhos coloridos cantarolando em volta. Amanhã, a mágica PUFF se faz e ele está amando outra, igualzinho como disse que te amava no dia anterior. E olha, os príncipes dos contos de fada moderno vêm com um defeito (ok, alguns príncipes, não todos!): falta de memória (para não dizer caráter) - uns esquecem de te avisar que vocês na verdade não estão namorando..é só um test drive e que é permitido ficar com outras. Outros esquecem que ficaram de ir te buscar para jantar e te deixa plantada em casa toda trabalhada no Louboutin de cristal (caprichei hein?) até se render ao sono em sua cama de princesa e tem aqueles que simplesmente esquecem de avisar que o relacionamento acabou e tomam um chá de sumiço que deixaria qualquer bruxa malvada morrendo de inveja de sua fórmula única de fazer desaparecer! (É...aconteceu comigo. ABAFA!). O efeito passa rápido...não, não o efeito do chá...o príncipe continuará sumido e muito provavelmente, aqueles que têm o defeito a mais (lembra, falta de caráter?) poucos dias depois (poucos mesmo) aparecerá casado com a típica madrasta de contos de fadas...falo do efeito do seu queixo caído de tão embasbacada com a  falta de consideração do seu prince charmingque  é que passa rápido.
Bons tempos aqueles em que o príncipe era capaz de enfrentar um dragão de dimensões inenarráveis...os de hoje sequer são capazes de enfrentar a sogra né?
(essa é uma história hipotética ok??? Não levem pro lado pessoal. Sempre há quem faça isso!!)

À medida que o tempo passa, essa tal vida real em que vivemos tenta a todo custo sumir com qualquer restinho de pó de piripimpim que insistimos em manter escondidos nos cantinhos do nosso criado mudo ou em meio às nossas tranças gigantes, seja mostrando que principes encantados desencantaram e voltaram a ser sapos (mais conhecidos como cafas na terra em que vivo!), ou que a maçã que te oferecem pode estar envenenada (sabe aquela amiga fura olho?)...
É preciso saber dosar bem essa receita de sonhos para que não nos arriscamos de cair de uma altura muito grande, quem sabe lá das nuvens e nos machucarmos mais que o necessário.
Sonhar é essencial em nossas vidas, mas é preciso que seja um sonho real. Aquele em que o homem perfeito não existe mas que certamente seja movido pelo amor verdadeira e então fará o maximo para te magoar o mínimo possível. Aquele sonho em que amigas de infância sabem mais de nossa vida do que nossas próprias mães, como uma canção decorada e cantada juntas, mas cuidado, a maçã está rondando por aí  e alguém sempre desefina. Jamais saberemos qual e quando a princesa (ou seria bruxa má?) puxará seu tapete voador.

Meninas, é muito bom sonhar né? Mas é tão mais gostoso sonhar aquele sonho seguro, real, que nos mantêm firmes no chão e bem perto do coração...
No conto de fadas real, da Disney e outros mais, tudo termina com o lindo And they lived happily ever after, pois é gente, mas ninguém nunca mostrou o que realmente aconteceu depois, nem nunca vi ninguém sair pela rua com um sorriso no rosto, cantarolando envolta por alegres esqueilos e passarinhos coloridos exibindo uma placa com tal frase, provando sua felicidade eterna.

Sou uma pessoa sonhadora! Não sonhava com um príncipe, mas com um homem digno, correto e sincero que me amasse e compartilhasse os sonhos. Ele existiu em um certo momento da minha vida, e sim, saído de um conto de fadas, pois se mostrou o verdadeiro Lobo Mau da história toda...e eu só queria um cara bacana e sincero! Acho que foi aí que descobri que contos de fadas não existem e que principes também traem, mentem, enganam...
Nunca sonhei com um castelo cheio de riquezas e vestidos de princesas, mas com um emprego legal que pagassem minhas contas e a cerveja do fim de semana (rs)...e por aí vai!
É preciso sonhar e mesmo que às vezes minha vida pareça aquelas partes escuras e tensas do desenho animado da Disney, uma hora sei que os tambores irão rufar e a canção irá tocar!
Não sairei por aí cantarolando cantos melosos de princiesas tampouco darei bom dia aos passarinhos e abraçarei árvores, mas certamente saberei que o sonho está acontecendo...e será um sonho real, exatamente como imaginei.

Quero deixar claro que nesse texto não me relacionei diretamente a ninguém, nem mesmo a mim, tampouco necessariamente fui fiel a acontecimentos ou 'personagens' que apareceram em minha vida. Foi apenas um texto, feito para ser divertido, escrito com entusiasmo após ver as fotos que citei lá no começo do texto e que estarão disponíveis aqui embaixo, no finalzinho do texto.

Esse texto todo está relacionado à toda essa realidade que nossos contos de fadas precisam ter. Esse texto é para todos os príncipes e princesas modernos que saem por aí em busca do seu Feliz Para Sempre. Príncipes podem existir, mas não espere que ele chegue num cavalo branco recitando lindas palavras e juras de amor eternos em versos melodiosos. A beleza existe, mas saiba que uma hora ela acaba e mais rápido acabará se você não se manter verdadeiramente bela por dentro. Não tem cirurgião plástico que dê conta de tanta feiura interna! A idade pesará, ninguém se manterá jovem e bela para sempre. É preciso assumí-la e ter orgulho das rugas que lhe aparecem...
Somos todas princesas meninas, e sempre seremos! A realeza e magia  vive dentro de nós!
Não esperemos finais felizes para sempre...nada acaba assim...muitas páginas rolarão e é só deixar a magia agir em sua vida no tempo certo!

Eu sempre sonhei em um dia poder ler um conto de fadas onda a princesa não dormisse e acordasse pensando tão somente num príncipe ou num reino encantado para conquistar. Acho que a Bela da Bela e a Fera era um pouco assim. Ela sonhava simplesmente em ser feliz independente de achar ou não um bom partido. Apaixonar-se pela Fera foi uma forma de mostrar que nem sempre o príncipe encantado é belo, alegre...clichê!
Mas acho que nós, mulheres do século XVI estamos escrevendo dia ápós dia um novo conto de fadas, daqueles em que sonhamos com nossa independência. Onde nossas opiniões são respeitadas. Onde a felicidade é vai além de uma linda cançaõ e uma foto de família feliz no porta retrato.
Meu Conto de Fadas Moderno é mais que conquistar uma vida perfeita. É ser feliz em meio a tantas dificuldades e imperfeições. É manter-me plena, limpa, seguindo meus princípios e mantendo meu caráter elevado e intacto. É ser honesta e dessa honestidade conquistar meu castelo mágico. O sapatinho de cristal dá lugar para os pés sempre no chão. E assim será sempre...em busca da felicidade eterna tão sonhada!
Esse é meu conto de fadas moderno. Não sei como é o seu, mas vale muito a pena sonhá-lo!

Para provar que a magia existe nos dias atuais, segue aí embaixo o link de um momento lindo e único, digno de principes e princesas dos dias atuais. Depois de digam se contos de fadas não existem...cheios de defeitos técnicos, mas existem. Só não podemos deixar de acreditar.

ASSISTAM! Não sei se é real, mas faz-nos sonhar que contos de fada ainda existem...mais modernos e realistas, mas existem!

http://www.youtube.com/watch?v=IpojZ0COU3Y&feature=player_embedded

Agora os TOP FIVE erros de quem acha que a vida é um conto de fadas clássico:


Não tente buscar uma vida perfeita!
A vida real não é feita apenas de sapatinhos
de cristais e vestidos belamente bufantes!
Não espere dar meia-noite para mudar!

Não tenha medo de ser quem você é e também
não critique bem não o agrada fisicamente! 
Atitude e autenticidade não se encontram fácil por aí!
A imagem é apenas uma parte de quem você é!
Lobos Maus em pele de vovós sempre aparecerão,
dependerá de você identificá-los

O príncipe encantado não existe! #FATO

Não espere sentado para que sua vida aconteça!
Seja independente. Não entregue sua vida, sua felicidade
nas mãos de quem jamais despertará na sua vida!
Não coloque sua felicidade nas mãos de outra pessoa!
Ela não merece esse fardo...nem você!

Beleza exterior não garante finais felizes!
A verdadeira beleza está dentro de você e
se esta for feia, nem milhões de cirurgias
plásticas serão capazes de te consertar!

Bom, é isso aí meus príncipes e princesas...espero que tenham gostado do post! Essa foi mais uma forma de descontrair e mais uma vez viajar na maionese...que custa né?

Vou seguir minha busca pelo meu "E 'viveu' feliz para sempre" ´(dispenso o 'viveram'! Descobri que minha felicidade não depende de estar acompanhada ou não. Apesar da frase 'Antes só do que mal acompanhada' não estar em nenhuma história encantada, coloco-a na minha. Vivi muitos anos mal acompanhada pelo príncipe que virou sapo...então, chegaaaa de engolir sapos hahahahahaha

Até a próxima!

xoxo









segunda-feira, 18 de abril de 2011

Doendo na pele

Gente, não tem como ficar calada diante toda essa polêmica da Arezzo.
Em meio a tantas apelações pelos direitos dos animais e até mesmo os gritos por um planeta verde, melhor, deparar-me com um ato um tanto primitivo como a nova coleção da Arezzo para mim foi um choque.

A revolta partiu dos internautas e foi por meio do twitter que fiquei a par da situação toda. Palavras como crueldade, brutalidade já não se encaixam mais em atos covardes como esses...elas foram superadas. Isso para mim é crime e merece punição.


Desde quando acabar com vidas de animais inocentes para vestir corpos de mentes tão fúteis, vazias, irresponsáveis e inconscientes dos direitos dos animais virou moda?
A Arezzo nunca tomou consciência dessa brutalidade já tão gritada nas ruas de todo o mundo?

Pelo amor de Deus, fico pensando no que é pior: se a Arezzo pela cara de pau e brutalidade de lançar uma campanha intitulada Pelemania usando pele de animais quando é possível encontrarmos por aí peles fakes e pelúcia sintética ou as mentes doentias que adquirem produtos como esses...

Cansei de dizer que matança de animais é, ou pelo menos deveria ser, crime altamente punível, afinal de contas, o assassinato deu-se de fato.

Bom gente, não quero me prolongar nesse assunto, mas eu realmente não queria ficar calada diante tanto absurdo e brutalidade em pleno século XVI...achei que vivíamos entre pessoas civilizadas mas cada dia que passa percebo que algumas pessoas insistem em regredir no tempo.

O que a Arezzo sentirá 'na pele' nos próximos dias diante a revolta de tantas pessoas não será 1/3 da dor da brutalidade que milhares de animais sofreram para que suas peles ficassem expostas ao ridículo e perversão dos humanos...e sabe o que é pior? Assistir ao vídeo da infeliz coleção de inverno e ainda ter que ouvir o triste slogan “a beleza está na simplicidade”. Detalhe: a simplicidade está numa encharpe de R$ 1.549? O valor, além de caro para uma encharpe, é MUITO BARATO dada a vida de um, ou melhor, vários seres vivos que foram sacrificadas para tamanha barbárie!

O Mariolando tá aqui para passar sempre coisas boas, mas ele jamais se calará diante movimentos como esses e muitos outros absurdos que ainda ocorrem no mundo!

Até a próxima!

xoxo

Dominando as palavras

Gente, acho que já deixei exposto alguns posts atrás minha admiração pelo escritor Luis Fernando Veríssimo. Na minha singela opinião de admiradora e leitora, eu acredito que ele domina a palavra como poucos em suas obras e pensamentos.
Em seus textos, sejam livros, crônicas ou simplesmente uma tirada em uma entrevista ou peqeuno texto em um jornal, ele tem esse poder de nos tocar de alguma maneira em nossa verdade mas sempre de forma bem humorada que já é uma característica sua, tornando-o ímpar no que faz.
Para quem não o conhece, o que acho bem difícil nos dias de hoje, Veríssimo é um escritor gaúcho super conhecido por suas crônicas, livros e textos bem humorados, mais precisamente de sátiras de costumes, publicados diariamente em vários jornais brasileiros. Além disso tudo, Luis Fernando Veríssimo é também cartunista, além de roteirista de televisão, autor de teatro e romancista bissexto...UFA! Tenho orgulho de dizer que já dividi a mesma profissão com ele em seus tempos de publicitário!Bom, era preciso fazer algo com tanta criatividade né? hihihihihi 
Como se fosse pouco, Veríssimo se arrisca ainda como músico, mais precisamente arriscando notas no saxofone. Com mais de 60 títulos publicados, é um dos mais populares escritores brasileiros contemporâneos e  filho do também incrível  e conhecidíssimo escritor Erico Verissimo.

Bom, então em homenagem a esse escritor tão incrível dos tempos modernos que me alegra sempre pelas manhã quando leio seus textos antes de começar mais um dia de muito trabalho, termino esse pequeno post com mais uma crônica dele, ou melhor, duas. Aliás, fica difícil escolher só uma já que acho todas brilhantes!
Escolhi duas crônicas bem especiais para publicar aqui no Mariolando hoje - uma é homenagem ao dia de hoje, segunda-feira, aquele dia sempre mais difícil da semana , onde buscamos no mais profundo do nosso ser paciência para enfrentar essas intermináveis 24 horas e outro em homenagem a nós mulheres, justamente porque em alguns dias estaremos celebrando o Dia das Mães, mulheres mais que especiais, então nada mais justo e digno, certo?
Espero que gostem tanto quando eu desse cara que domina as palavras como poucos!

À nossa querida segunda-feira hehehehehe
Uma boa semana (curtinha) para todos!

"Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar,
a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar
e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.

Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.

Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...
- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.

E... Ajude-me sempre a lembrar quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...

Que assim seja!!!

Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último.
Um dia, você acerta."
(Luís Fernando Veríssimo)

Esse próximo texto é mais longo mas vale muito a pena ler!!!
À todas as mulheres, especialmente à minha velhota querida que amo tanto. Não tem jeito, mulher é mesmo um bicho especial!


Mulheres
"Certo dia parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.

Pare para refletir sobre o sexto-sentido.
Alguém duvida de que ele exista?

E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?

E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?

E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque "vai fazer frio". Você não leva. O que acontece?
O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
"Leve um sapato extra na mala, querido.
Vai que você pisa numa poça..."
Se você não levar o "sapato extra", meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...

O sexto-sentido não faz sentido!

É a comunicação direta com Deus!
Assim é muito fácil...
As mulheres são mães!

E preparam, literalmente, gente dentro de si.
Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?

E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...

Tudo isso é meio mágico...
Talvez Ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).

As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravazam?

Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens...

É choro feminino. É choro de mulher...

Já viram como as mulheres conversam com os olhos?

Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar.
Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar.
E apontam uma terceira pessoa com outro olhar.
Quantos tipos de olhar existem?

Elas conhecem todos...

Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens!
E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.

EN-FEI-TI-ÇAM !

E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas?
Para estudar os homens, é claro!
Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...

Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era "um continente obscuro".
Quer evidência maior do que essa?
Qualquer um que ama se aproxima de Deus.
E com as mulheres também é assim.

O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor. Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor.
E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida.
Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado.
Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo.
Mas elas são anjos depois do sexo-amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos.
E levitam.
Algumas até voam.
Mas os homens não sabem disso.
E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento
que os faz dormir nessa hora."
(Luís Fernando Veríssimo)

Até a próxima!

xoxo

domingo, 17 de abril de 2011

Pele oil free

Gente, essa dica de hoje tenho certeza que já foi citada alguns posts atrás, massss quando a parada é legal, gosto de enfatizá-la, além de ser um retorno sobre o produto, principalmente quando se trata de dermocosméticos!

Faz algum tempo que fui ao dermatologista e ele me indicou um produto MAAAARA para lavar o rosto. Trata-se do Dermotivin Foam - espuma de limpeza para peles oleosas na Galderma. Gente, simplesmente amei essa espuma!!!Com uma textura levíssima à base de extratos naturais, aloe vera e calêndula, essa espuma desenvolvida especialmente para peles oleosas, além de manter sua pele limpa, longe de impurezas e super macia, manda para longe qualquer resquício de oleosidade e o melhor, sem deixar a pele ressecada!
A calêndula, presente em sua fórmula, possui ação regeneradora e cicatrizante, ou seja, idela para quem como eu, sofre com algumas espinhas que insistem em aparecer mesmo aos 30 anos...já o extrato de aloe vera, possui ação anti-séptica, emoliente e suavizante, garantindo que a pele fique além de linpa, macia!

Masssssss como tudo que é bom, pode melhorar hahahahahaha eis que a um tempinho atrás, a Galderma resolveu lançar o Dermotivin Foam Control para peles MUITO oleosas. Olha gente, não acho que minha pele seja tããão oleosa assim, mas no verão percebo que minha pele tende a ficar um pouco mais oleosa e brilhosa, então queridas, me joguei nessa novidade e pra variar, AMEI!
O Dermotivin Foam Control possui em sua fórmula extratos naturais de castanha da Índia, calêndula e aloe vera que ajudam a desobstruir os poros da pele sem agredí-la.

Olha gente, tanto o Dermotivin Foam e o Dermotivin Foam Control ´são para uso diário ok? Então pode se jogar na espuma sem medo que sua pele jamais ficará ressecada!
Olha gente, a refrescância vem imediatamente no momento em que você passa a espuma dno rosto...coisa de louco! hahahahaha

O preço é levemente salgado poréééééémmmm esse produto dura muuuuito tempo gente. Tenho os meus já faz um bom tempo e olha que todo dia lavo minha pele com eles!
A embalagem vem com 130ml e custa em torno de 47 reais! (salgado, eu sei, mas como disse, dura muuuuuito)

Espero que tenham gostado da dia principalmente para esses dias de calor quando nossa pele oleosa mais precisa de cuidados e atenção.
Ah, outra coisa gente. É sempre bom e importantíssimo conversar com seu dermato antes ok? Mesmo sendo uma espuma super suave, acho que a opinião do nosso dermato de confiança é sempre importante na hora de começar a usar um novo produto ok?

Até a próxima!

xoxo

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Obrigada

14 de abril - Hoje é aniversário da minha vó, da minha Vivi...não tem como esquecer!
Confesso que sua data de falecimento não me vem à memória agora e quer saber? Nem quero que venha. Quero esquecer esse dia. Minha Vivi, assim como meu tio Glauco, vô Daniel, tia Ana, Annie e tantos outros queridos que já se foram, são eternos dentro de mim. Por que lembrar o dia de morte se posso lembrar dos momentos lindos que passei ao lado deles? Por que lembrar da última vez que os vi se posso lembrar de uma vida ao lado deles...

Fotinho repetida mas infelizmente
não tenho outra disponível aqui no pc.
Mas tem problema não porque essa
é uma das que mais gosto!
Minha vovis foi o que tive de mais lindo na vida. Quando perguntavam qual meu medo, e já revelei isso em um outro post para vocês, dizia que meu medo era perder minha Vivi, mas eu não me dei conta naquele momento que não perdemos quem está em nós. A morte vem sim, vem para todos, mas isso não é sinônimo de esquecimento e fim de um amor que outrora fora tão intenso e...eterno!

Hoje esteja onde estiver minha Vivi, ela estará comemorando...como foi festeira. Estará toda linda e trabalhada em sua vaidade pela qual sempre foi conhecida.
Jamais esquecerei sei sorriso a nos ver chegar em casa vindos de São Paulo e sua cara amarrada quando decidíamos sair para algum lugar para onde ela também não iria...

Vivi foi e eternamente será minha guia e do fundo do coração, se hoje, dia do seu aniversário, eu pudesse lhe dar um presente, por mais impossível que fosse, seria voltar atrás no tempo e ter-lhe dado a felicidade e orgulho que tanto sonhou em me ver entrar na igreja para casar com um homem bom e digno e lhe colocar nos braços o bisneto de sua única netA.

À minha Vivi dedicarei as estrelas que brilharão mais forte no céu hoje e ainda que não a veja mais, que não a possa tocar nem olhar em seus olhos, lhe darei os parabéns nnão só pelo seu aniversário, mas por ter sido uma grande mulher não só em minha vida, mas na vida de tantos!

Parabéns minha Vivi. Você é eterna para mim!

Eeeeeee, já que o momento envolve sentimentos tão tamanhos, gostaria de aproveitar a oportunidade e agradecer a alegria que me vocês me proporcionam ao abrir o facebook e o Mariolando e ver tantas manifestações de carinho e pessoas se identificando com meus textos e experiências.
A ideia do Mariolando é exatamente essa: fazer com que os leitores não só se identifquem com o que escrevo, mas se permitirem viajar em suas prórias lembranças, buscando momentos memoráveis em alguma fase especial de sua vida e através de algumas dicas dadas aqui, viverem novas e igualmente inesquecíveis experiências.

Obrigada do fundo do coração pelo carinho para com o Mariolando e comigo claro! São vocês quem me permitem realizar algo a que tanto tenho apreço que é escrever e reviver memoórias, olfatos, sabores e paladares. Através de cada post, por mais simples ou bobo que seja, viajo para um mundo onde me encontro inteira e onde a felicidade é plena. Escrever para mim é isso, um encontro comigo mesma, por isso os textos são tão detalhados, grandes e carregados de muita emoção. Eu não conseguiria ser diferente, tampouco trair minha essencia.
Obrigada por me permitirem esses encontros comigo mesma! O retorno é simplesmente maravilhoso, independente do número de seguidores e quantidade de comments!

Até a próxima!

xoxo

P.S. Gente, as vezes o texto acaba sendo publicado com alguns errinhos dedico a correria com que escrevo alguns posts, já que meu tempo anda apertado e chego em casa tão cansada que a cabeça quase não funciona mais. Massss como estou sempre entrando por aqui, vou consertando os que forem aparecendo ok? Obrigada pela compreensão! hahahahaaha

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Quem vive de passado...

...é porque teve um passado lindo e inesquecível!

Pois é gente, não tenho problema nenhum em reviver o passado. Claro, algumas passagens 'feias' vividas lá trás trato de esquecê-las mas por que não guardar aquelas tão especiais num cantinho do coração onde possamos sempre acessá-las quando a saudade bater? Seja um cheiro, um som, um toque ou até mesmo um sentimento que te faça sentir vontade de voltar ao tempo e viajar.

Ultimamente ando assim, buscando minha infância e adolescência, nos idos anos 80, 90. Para muitos, isso deve parece pouco tempo para alguém da minha idade dizer, mas considero muita estrada esses 31 anos! Vivi coisas que pessoas de 50, 60 anos não viveram. Adquiri experências que décadas atrás pessoas na minha idade jamais viveriam. Já levei muito tapa na cabeça e muito puxão de orelha da vida mas quer saber? Agradeço cada tropeção. Mas vamos combinar que nem só de percalços e obstáculos vivemos não é?
Entre um e outro tropeção, vivemos momentos que se tornam inesquecíveis ou então tem aqueles momentos que nos pegamos lembrando a sábia frase (ou seria um mantra?) que toda mãe nos falava: "Aproveita bem essa fase. Em breve, a vida começa de verdade e você vai sentir falta disso tudo". Quem aqui não pensou "Besteira dela, acha..? Quero mais é crescer e virar gente"? hahahahaha E quando elas nos diziam "Estuda menina...essa é a única responsabilidade que você tem hoje. Quando crescer as responsabilidades aumentam e aí você vai ver o que é dureza" hahahahaha daí me ouvia repetindo mentalmente para minha mãe "Ah tá, vem aqui no meu lugar ver o que é bom!" hahahahaha ahhhhhhh como gostaria de voltar para esse 'lugar' e viver de novo  o que de fato era bom. Bons tempos aqueles em que tudo o que tínhamos que fazer era tirar boas notas e esperar as férias chegar, mas como elas demoravam muito, me contentava em esperar o sinal do colégio tocar às 11:45 e ir correndo para casa e 'viver aquela vida dura de criança ou adolescente'.

Sabe, fico vendo os adolescentes e até mesmo algumas crianças de hoje e realmente sinto uma dorzinha no peito quando percebo o quanto de vida estão perdendo ao anteciparem taaaanto a fase adulta. Hoje eles começam a namorar a sério, ficam dias presos em frente ao computador, assumem  'falsas' responsabilidades mais cedo, vícios e atitudes inapropriadas...sei lá...fico comparando minha adolescência com a atual e vejo tanta diferença que às vezes acho que fui uma garotinha muito boba.
Mas não, eu não era boba! Eu era uma criança da década de 80 ué. Tudo era diferente. As músicas, as brincadeiras, as ocupações e até mesmo os sonhos eram outros...assim como na época da minha mãe tudo era diferente e em algum momento da minha adolescência ela deve ter pensado o mesmo que penso hoje dessa geração...
Mas quer saber gente, embora tenha brincado de boneca até os 14 e pedido permissão para viajar e dormir na casa das amiguinhas até os 15, vivi bem minha adolescência. Ri até ficar com a bochecha dormente, troquei muitos bilhetinhos em sala de aula, paquerei e beijei muito sem compromisso e tirei muito zero, não nego. Contei literalmente os segundos do relógio da sala para a aula acabar logo e começar o recreio e então ir correndo para o pátio do terceiro ano ver os garotos mais velhos hahahahaha. Peguei muita recuperação e me joguei diversas vezes na piscina do prédio para comemorar a passada de ano ainda que apertada e com muitas promessas a serem pagar. Sabia de cór o caminho para a diretoria e já tirei um ZERO em geometria desenhado com compasso (é sério!)! E quantas vezes dizia a minha mãe que ficaria em casa estudando e decidia dormir em cima dos livros (ou ia assistir Sessão da Tarde) e só acordava com o toque da campainha hahahaha (sorry madre, é verdade!) hahahaha
Quando criança usei bota ortopédica, aparelho nos dentes de todos os tipos existentes (arranquei muitos deles com tampa de caneta) e óculos de grau...era o cão metal chupando manga mas quer saber? Na minha época não existia bullying!

Ouvi muitos LP´s do Trem da Alegria, Michael Jackson, Polegar, Dominó, A-Ha, Erasure, Tears for Fears e tantos outros 'hits' da época e a melhor parte, fiz lindas, inesquecíveis e lotadas discotecas (que me inspiraram esse post) para comemorar meus aniversários e do meu irmão no salão do inesquecível edf. Vânia. Coitado do Sr. João, porteiro do Vânia que tinha que conter tantos penetras que pulavam o muro do prédio ou tentavam falsificar os convites... (atualmente estou  num momento nostálgico baixando boa parte das músicas que tocaram nas discotecas e quer saber? Na minha próxima ida à SP pegarei dos os VHS das discotecas que fiz  para assistir - embora já tenha tudo convertido em dvd!)

Usei muito roupa da Bicho Comeu, Gente Pequena e Xixi Baby e posso até dizer que fui modelo infantil e desfilava sempre para a Xixi Baby (modelo fixa povo, tá pensando o que? Orgulho da vovó  hahahahahahahahahaha
Caí muito de bicicleta e  mobilete e vivia cheia de machucado pelas pernas e braços, pulei muito elástico no pátio do colégio, assei os pés de tanto pular pongoball e lembro da euforia em ter trocado meu patins de 4 rodas pelos inline. Sentava na última fila na sala de aula e já distendi 3 tendões da mão dormindo sob ela durante a aula (ops! Sorry Rosamelia hahahahaha)

Lembro com carinho da minha primeira bicicleta, meio azulada, metálica e das rodinhas extras caindo fazendo com que eu me sentisse A adulta. Esconde-esconde, gato mia, pega-pega, mas pêra-uva-maça e salada mista só passei a levar a sério na adolescência. Meu grito de liberdade (só na minha cabeça, claro), foi quando minha mãe me deixou ir pela primeira vez ao Coluna Café com meus 3 primos e irmão a tira colo. E no dia que ela me deixou ir para o Recifolia, bom...memorável!
Tive muitos amores eternos. Amei muito, como amo até hoje! Já quase bombei de ano por um coração partido. Fiquei muito pois achava que namorar era coisa de gente grande, mas no dia que resolvi assumir um namoro, levei chifre (começou de cedo! hahahaha)...
Fiz festa de 15 anos, apaguei de tanto beber antes da minha festa de 18 anos começar a saudosa Over Point, já bati muito a cabeça nos paineis da Fun House depois de ter bebido sei lá quantas tequilas no Mexican bar, já achei o São João no Beijo Gelado em Gravatá o melhor lugar do mundo mas foi lá que vivi minha primeira decepcção amorosa. Já fiquei com o bofinho do momento mas já fiquei com aquele que ninguém queria ficar hahahaha, Tive a alegria de conhecer a neve muito cedo e voltar a mergulhar nela diversas vezes. A Disney era o quintal de casa e graças à metade gringa da minha familia, Miami se tornou um segundo lar e sinto-me assim até hoje, creio eu.
Já morei fora em vários lugares (Cambridge, Salamanca, Brighton, Recife, São Paulo, Araraquara), dei bom dias em várias linguas e graças a toda essa distância percorrida, conheci pessoas inesquecíveis, vivi momentos incríveis, vi paisagens inacreditáveis, tomei porres memoráveis e enchi a geladeira da minha casa gringa com besteiras que minha mãe não deixaria comprar!

Colecionei papel de carta, fiz pastas com fotos de atores gringos bonitos, desenhe coraçãozinho com meu nome e de um garoto numa parte escondida do meu caderno da escola, joguei bafo e roubei muito na hora de jogar usando técnicas só minhas, tinha caixas e mais caixas de figurinhas! Enchia um armário com revistas Querida, Capricho, tinha todos os LP's e cds da época e bilhetinhos trocados em sala de aula eram prêmios quando o professor não pegava durante a aula. Os ármarios do meu closet eram todos cobertos por fotos de Ricky Martin, Tom Cruise, Rob Lowe (e ainda era apaixonada por alguns) e outros 'colírios' da época, mas a única coleção que mantenho até hoje é a de agendas...tenho todas e posso dizer que mais que agendas, elas foram verdadeiros e detalhados diários de uma adolescência muito bem vivida e sentida. O amor imundava a folha da segunda-feira de sentimentalismos e na terça-feira já tinha um rasgão resultado de um momento de fúria causado pelo mesmo motivo que me levou encher a folha anterior de coraçãozinhos hahahaha...ahhhh, os hormônios! hahahahaha. Continuo me iludindo com o amor, diversas vezes, recentemente. Amores desabados daqueles que levam seus sonhos emboras, mas foi com esses amores francassados, ou o único amor verdadeiro fracassado, que aprendi que sonhos podem ser reconstruídos...acompanha ou não!

Passei muitas horas sentada com 'a turma' na piscina do Maria Juliana vendo os meninos jogar futebol na quadra. Demos muitos mergulhos naquela piscina e risadas na sauna. Vimos filas enormes se formarem no Coluna Café e os mais novos como eu, ficávamos babando vendo nossos amigos mais velhos indo para lá e nos perguntávamos quando seria nossa vez. Varamos muitas noites lá na portaria conversando, dando risada, ouvindo música nas alturas até reclamarem, comemorando aniversário de alguém ou simplesmente calados contemplando a noite estrelada e aquele mar lindo bemmm na nossa frente. A vida parecia não passar. Exatamente o contrário do que queríamos. Tínhamos pressa em viver...
O Maria Juliana tem história, assim como Vânia! Raízes que deixamos por onde passamos...

É gente, todos esses momentos são inesquecíveis, felizes, mas tem a dor também que quando vividas tão cedo, nos ajudam a nos tornar adultos melhores. Minha primeira cachorrinha Annie faleceu por irresponsabilidade do veterinário, meu amado tio Glauco que na minha opinião nos deixou tão cedo...lembro de ter ficado brava pois para mim, ele era eterno e então havia me deixado. Com a maturidade percebi que de fato ele É eterno, dentro de mim. Ainda lembro de ter recebido a notícia sentada em uma das cadeiras enormes cinzas de couro que balançavam da sala de tv do Vânia.
Lembro de váááárias ter que acordar às 7 da manhã aos sábados e domingos em plenas férias para estudar para a recuperação enquanto todas minhas amigas haviam passado direto de ano. Ahhhh, como encho o saco de Santa Rita no caminho colégio na hora de pegar os resultados. Acho que era quando sentia mais medo da minha mãe hahahaha. Aquilo para mim era um inferno mas fez com que eu me formasse com uma colocação excelente na faculdade escolhida em SP com direito ao melhor TCC do ano!

As marcas da nossa infância e adolescência são o que nos ajudam a nos tornar o que seremos no futuro, mas em meio a tantos acontecimentos, é preciso filtrar aquilo que não nos faz/fez bem para que isso não vire marcas, traumas de um tempo que não volta mais e que em nada influenciará nossos dias que estão por vir.

Os anos 80 e 90 me marcaram de uma forma especial, mas sabe o que é mais especial ainda para mim? Reconhecer hoje, 30 anos depois, o quanto ele foi maravilhoso e deixou saudades, mas também que muito dele ainda vive dentro de mim.
Ter sido bem enturmada, rodeada por pessoas e sentimentos bons, sinceros e puros, sempre alegre, me ajudou a ser uma pessoa de bem, amiga, honesta e sincera. Posso ter tido any defeitos: dentuça, má aluna (mas não burra ok? só relaxada. Quando queria, arrasava nas notas!), preguiçosa, levemente levada mas não hiperativa, mas era feliz. Chorava e no dia seguinte exibia um sorriso dentunço enorme sem lembrar do que havia acontecido no dia anterior. Minha infância foi rica, cercada de luxo e de coisas boas e viagens, mas com muito amor, aprendizado e hoje, em tempos de vacas magras, onde toda aquela riqueza descansa nos anos passados, as maiores riquezas de todas continuam crescendo dentro de mim: valores, berço, educação, honestidade e caráter. Cifrão nenhum vai medir o tamanho da minha grandeza e da minha vida.Hoje vejo-me dona e gruia da minha própria vidam desde meus pensamentos até responsabilidades! Moro só, pago minhas contas e assumi responsabilidades!

Abrir os álbuns antigos e ver meu sorriso espampado em cada foto me mostra que ser feliz é sempre o melhor caminho para uma vida feliz, independente de sua idade.
A vida é feita de saudades gente e elas estão no coração para sempre serem relembradas e nos momentos que achamos que vamos nos disvirtuar dos nossos ideais, lá estão elas quando fechamos os olhos para nos relembrarem quem somos de fato! Só não vive de lembranças e passado quem deve algo, seja à vida, à Deus ou à si mesmo oum que não foi feliz!

Minha saudade tem cheiro de bolo de macaxeira em Gravatá, cheiro de rio em Toquinho, o cheiro de infância que Miami e Nassau têm e é só meu! Tem cheiro de pão de queijo da cantina do colégio e do cachorro quente do Tonho. Minha saudade tem gosto de Ribena em Nassau, roastbeef na casa da minha avó, aliás, tem o cheiro da casa da minha vó Graziela, tem o toque das lágrimas derramadas por um amor descoberto e logo em seguida desmoronado. Tem cor do pôr-do-sol de Toquinho e do céu de Araraquara, tão especial, quando vi pela primeira vez...Saudade para mim tem a velocidade que meu coração bate quando lembro de todas as alegrias vividas e tristezas choradas. Tem o rosto daqueles que amei e amo e dos que se foram e a expectativa daqueles que ainda vão chegar.
Tenho saudades de tudo que vi, ouvi, cheirei, sorri, chorei e vivi. Tenho saudades do que nunca vivi e do que ainda vou viver.

Hoje tento através de músicas e memórias em cores desbotadas reviver todas aquela inocência e sonhos apressados e trazê-la um pouco para perto de mim nesse 2011 às vésperas de completar 31 anos de saudades. Os maiores sonhos quase realizei, mas os novos tempos me mostraram que nem sempre os mesmos princípios, valores e caráter ensinados dentro da minha casa, são os que encontramos dentro das pessoas que achamos ser a certa para dividir não só uma vida, mas os sonhos. Elas mudam com o tempo...eu mudei, mas esse aprendizado ficará eternamente dentro de mim, não num cantinho do coração, mas escrachado para quem quiser ver, pois esse é o melhor presente que ganhei no dia 16 de maio de 1980.
Tenho quase 31 anos de idade com muito orgulho e não voltaria, fisicamente tampouco mentalmente falando, um dia atrás na minha vida. Não troco meus 31 anos de estrada e amadurecimento, por 15, nem 20 poucos anos nenhum, pois além de toda a experiência que tenho hoje - ou como já vi  'crianças de 20 poucos' me definirem, uma velha bolota - vive aquela garotinha desajeitada de botas ortopédicas, aparelhos os dentes e óculos que aprendeu aos tropeços o que é a vida, como devemos tratá-la, vivê-la e respeitar o nosso próximo!

Quem vive de passado é museu? Bom, chamem-me de museu ambulante portanto!

Até a próxima!

xoxo

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ora Pois!

Demorei mas consegui finalmente tempo para escrever um post novo e mandar bala numa diquinha gastronômica para 'tuga' nenhum botar defeito! hahahaha
Citei tuga pois essa dica nada mais é que uma padoca portuguesa, mas ignorem aquelas padariam basiquinhas que vendem pães basiquinhos  e apenas pesunto fatiado sem capa de gordura. Essa é A padoca, na verdade, é uma super padaria restaurante. Tá babando já? Pois é, eu babo direto, é normal pois!
A Quinta do Marquês!

Quem costuma frequentar a Castelo Branco certamente não achará esse nome estranho. Ela tem um delicioso e completíssimo empreendimentona rodovia que oferece além de restaurante, loja de conveniência, padaria, banca de jornal, cyber café e espaço caminhoneiro. Mas não é dessa que estou falando.

A mais nova e deliciosa A Quinta do Marquês fica na Avenida Faria Lima com esquina com a Venceslau Flexa (algo entre a Gabriel Monteiro e Rebouças) em São Paulo.

Pense num  lugar delicioso: uma imensidão de salgados, muitos deles típicos portugueses não poderia faltar, claro, o nome diz tudo né?) já faz você ficar louco para experimentar cada delícia. Logo adiante mais um enoooorme espaço de guloseimas: doces, bolos, tortas lindas e deliciosas, diveeeeersos tipos de pães doces e salgados, salgadinhos, finger food, pastas dos meus diversos sabores e muitos, sanduiches de metro, muitos tipos de frios (e bandejas de frios) desde o clássico presunto até queijos sofisticados como camembert e roastbeef fatiado!

O legal é que além da opção de escolher a delícia de levar para comer em casa, eles oferecem um super e agradável terreço onde você pode degustar um bolinho de bacalhau típico português ouuuuuuu optar por algum lanche do vasto menu, ou mesmo café-da-manhã, almoço e/ou jantar self service.
Nunca me servi no self service mas digo uma coisa, a comida tem uma cara ÓTIMA!
Alé, disso eles servem ainda, pizzas, sanduiches naturais, sobremesas, lanches frios, especiais e tradicionais, mini-prato e vários tipos de bebidas, mas como uma padoca portuguesa, o carro chefe é o bolinho de bacalhau...não dava para ser diferente né gente?

Já fui diversas vezes lá na padoca mas digo mais, já estive em Portugal e já provei o famoso pastelzinho de belém direto da fonte orginal e o da A Quinta do Marquês não deixa nadaaaaaaa, mas nada messssmo a desejar. E você ainda pode escolher entre o pequeno e o grande. Simplesmente POOOOOISSSS! hahahahaha
Sempre que vou lá levo para casa uma caixinha com umas delícias dessas, uma loucura!

Gente, como se tudo isso não bastasse, a galera que trabalha nos arredores da Quinta lota o terraço para um happy hour com chopp geladíssimo, ou seja, além de tudo é uma excelente opção para quem quer sentar com os amigos depois do trabalho, bater um papo, dar umas risadas, tomar um chopp gelado e aí ter milhares de petiscos para degustar. Massa né?
Além disso tem também uma grande variedade de deliciosos vinhos à disposição para quem quiser comprar!

Ah, o atendimento é muito bom, principalmente um carinha que fica no balcão dos salgados logo na entrada. Ele é uma figura e é bem difícil passar por ele sem que ele te confessa a experimentar um bolinho de bacalhau ou no meu caso que não gosto, uma deliciosa coxinha de frango com catupiri!

Bom gente, dica gostosa e rapidinha para os paulistas, paulistanos, visitantes e claaaaaro, os portugues que estão por aqui em São Paulo né? Tenho certeza que vão adorar!

Ah gente, uma última coisinha. Para quem quiser experimentar o deliciosoe único pastelzinho de Belém, fresquinho e ainda quentinho, A Quinta do Marquês está distribuindo lá um folder que se vc apresentar no balcão, ganha um mini Pastel de Belém para experimentar (e daí viciar e voltar mil vezes hahahaha).
Essa promoção não é acumulativa, vale um Pastel por pessoa e vai até o dia 30/06.

Passa lá para conhecer e quem sabe a gente não se esbarra por lá...hehehehehe

A Quinta do Marquês - Padaria e Restaurante
Endereço: Avenida Faria Lima, 1853
Fone: 3371 2300
Funcionamento: das 06:00 às 23:30

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Conto de Fadas Moderno

Gente, passando aqui voando pois o trabalho não tá pra brincadeira.

Li esse pequeno conto do Veríssimo e ADOREI!!!! hahahahaha
Como tudo o que gosto, compartilho com vocês, divirtam-se!

Conto de Fadas para Mulheres do Século 21

Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã.
Então, a rã pulou para o seu colo e disse: - Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Mas uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir um lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre...
E então, naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava: 
- Nem fo....den...do!

FIM!!!
(Luís Fernando Veríssimo)
 
 Bom gente, post vapt-vupt pois preciso voltar correndo para meus afazeres. A vida não tá ganha né?
Ahhhh, hoje vou para SP conhecer pessoalmente meu sobrinho lindo, muso do post anterior a esse, portanto, dia maaaaaaais que feliz!
Nessas horas percebo que preciso de muito pouco para ter meus momentos de extrema felicidade!
hahahaha

Até a próxima!
xoxo